Porto

Porto

Comer na cidade do Porto é, regra geral, sinónimo de comer muito e bem. Temperos fortes, comida saborosa, montras de cafés e restaurantes carregadas de bolos…
E depois há as incontornáveis tripas à moda do porto e francesinhas e eclairs e e e…

As tripas à moda do Porto a par das francesinhas, são o prato mais tradicional da cidade.
Segundo lendas que correm de boca em boca, a dobrada, nome também vulgar para este prato, remonta à época dos descobrimentos. Reza a lenda, que em 1415, precisando o Infante D. Henrique de abastecer as naus para a tomada de Ceuta no Norte de África, pediu aos habitantes da mui nobre e leal cidade do Porto alimentos. As carnes disponíveis na cidade, foram limpas de vísceras e salgadas para que se não deteriorassem durante a viagem, ficando a população com as miudezas e as tripas para se alimentar.

Como a necessidade aguça o engenho, tiveram de inventar e assim surgiu o típico prato das tripas à moda do porto, que inclui miúdos, chouriços, feijão branco e obviamente tripas. O prato tornou-se tão famoso que acabou por dar o nome de “tripeiros” aos habitantes da cidade do Porto, alcunha essa que ainda perdura.
 
 
 
 
 
 
 

Tripas à Moda do Porto
Ingredientes para 10 pessoas:Confecção:
  • 1 kg de tripas de Vitela (compreendendo livros ou folhos, favos e touca )
  • 1 mão de vitela
  • 150 g de choriça de carne
  • 150 g de orelheira
  • 150 g de toucinho entremeado ou presunto
  • 150 g de salpicão
  • 150 g de carne de cabeça de porco
  • 1 frango ou meia galinha
  • 1 kg de feijão manteiga
  • 2 cenouras
  • 2 cebolas grandes
  • 1 colher de sopa de banha
  • 1 ramo de salsa
  • 1 folha de louro
  • sal e pimenta
Lavam-se as tripas muito bem e esfregam-se com sal e limão. Cozem-se em água e sal.

Limpa-se a mão de vitela e coze-se.

Noutro recipiente cozem-se as restantes carnes e o frango.

Estas carnes tiram-se à medida que vão cozendo.
Coze-se o feijão já demolhado com as cenouras às rodelas e uma cebola aos gomos.

Pica-se uma cebola e estala-se uma colher de banha.

Juntam-se todas as carnes, cortadas em bocados (incluindo as tripas, o frango, enchidos, etc. ).

Deixa-se apurar um pouco e introduz-se o feijão. Tempera-se com sal, pimenta preta moída na altura, o louro e a salsa.

Deixa-se apurar bem.

Retira-se a salsa e serve-se em terrina de barro ou louça, polvilhados com cominhos, salsa picada e acompanhado com arroz branco seco.

 

Francesinha

A francesinha é o outro prato típico e originário da cidade do Porto, “inventadas” na década de sessenta por um emigrante regressado de França. Ele decidiu dar um toque especial a uma receita tipicamente francesa, chamada “croque-monsieur”. Este iluminado homem teve a feliz ideia de improvisar e adaptar este prato a ingredientes mais disponíveis e à cultura gastronómica da cidade, adicionando a magia de um molho que é a alma da receita.
Há quem a considere uma sanduíche, uma vez que vem envolvida em fatias de pão, mas dada a quantidade e tipo de ingredientes que a constituem, é uma autentica refeição.

De qualquer forma, é de notar que em Abril de 2011, o Aol Travel3, um megasite norte-americano sobre destinos turísticos e lazer considerou a francesinha como uma das 10 melhores sanduíches do mundo…
As francesinhas têm muitas variações e em função do gosto de cada um, escolhe-se uma ou outro restaurante para a degustar. Contudo, na sua versão mais purista, a francesinha é constituída por linguiça, salsicha fresca, fiambre, carnes frias e bife de carne de vaca ou, em alternativa, lombo de porco assado e fatiado.

Envolve-se esta combinação em duas fatias de pão que se cobre com fatias de queijo que vão ao forno a derreter, para envolver o pão. Para finalizar, junta-se um molho especial – verdadeiro segredo das melhores francesinhas, que se julga… conter um refogado com tomate e cerveja. Este molho deve ser ligeiramente picante para puxar a uma cervejinha bem gelada. Por vezes ainda se serve um ovo estrelado no topo e um acompanhamento de batatas fritas.

Ingredientes por pessoaConfecção:
  • 2 fatias de pão de forma
  • 1 fatia de salame com pimentos verdes
  • 1 fatia de fiambre
  • 1 salsicha fresca
  • 1 linguiça fresca
  • 2 fatias de queijo flamengo barra
  • 2 dl de molho da francesinha
  • Molho de Francesinha
    (para 4 pessoas):
  • Para 4 pessoas
  • 2 dl de azeite
  • 2 cebolas
  • 2 dentes de alho
  • 200 grs. de carne
  • 2 folhas de louro
  • piripiri q.b.
  • 50 grs. de farinha maizena
  • 50 grs de polpa de tomate
  • 2 dl de vinho do Porto
  • 2 dl de brandy
  • 3 grs. de sal
  • 1 litro de cerveja
Colocar uma fatia de pão de forma com o fiambre, o salame, a salsicha e a linguiça fresca a grelhar na prensa.

Colocar a outra fatia de pão de forma por cima e deixar tostar.

Cobrir a tampa com as fatias de queijo e deixar gratinar.

Colocar a francesinha num prato e regar com o molho.

Molho de Francesinha (para 4 pessoas):

A essência consiste em fazer um refogado de carne.

Cortam-se as cebolas em meias luas finas, junta-se o azeite, alho, louro e a carne.

Deixa-se refogar lentamente.

Acrescenta-se o vinho do Porto, Brandy o tomate e mexe-se, continuando a apurar.

Deita-se depois a cerveja saída do barril.

*O preparado deverá ferver muito lentamente durante algumas horas até ficar no ponto, de forma a que o molho possa ser vertido sobre a francesinha, previamente preparada.

*Conforme a consistência, pode-se juntar maizena diluída em água.

A introdução do piripiri deve ser feita a gosto, embora se trate sempre de um prato muito picante.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

Entre em Contato e Solicite Sua Cotação