Ginjinha

Ginjinha

A ginja, fruto semelhante à cereja, dá o nome a um licor de cor rubi e de sabor intenso, considerada a bebida oficial da zona de Lisboa e de Óbidos.

Acredita-se que a Ginjinha teve origem no séc. XVII, quando um frade de um convento aproveitou as grandes quantidades de ginja existentes na região e criou este famoso licor. A receita começou a ser partilhada com as famílias da região que acreditavam no seu poder mágico e medicinal.

Em Lisboa pode provar a ginjinha na baixa pombalina ou no rossio, ao mesmo tempo que descobre as maravilhas desta cidade. Peça a bebida “com elas” ou “sem elas”, ou seja, com o fruto no fundo do copo ou não. Assegure-se que, antes de colocarem a bebida no copo, a garrafa foi agitada e que está à temperatura ambiente para desfrutar ao máximo dessa experiência sensorial tão enraizada na cidade de Lisboa.

Se quiser desfrutar da ginjinha em copo de chocolate, vá connosco até Óbidos, uma vila medieval a 80km de Lisboa, e participe num dos muitos festivais da vila. De Março a Abril perca-se no delicioso Festival do Chocolate, e deixe-se transportar para a idade média no Mercado Medieval, entre Julho e Agosto.

Receita caseira

Ingredientes para a ginjinhaConfecção:
  • 1 kg de ginjas
  • 1 l de aguardente
  • 1 copo de vinho tinto
  • 1 kg de açúcar amarelo
  • 1 pau de canela
  • Lave as ginjas e retire-lhes o pé. Depois de escorridas, coloque-as numa garrafa de boca larga.
  • À parte misture a aguardente, o vinho e o açúcar e mexa bem. Verta esse preparado sobre as ginjas e adicione 1 pau de canela.
  • Tape bem e vá agitando a garrafa nos primeiros dias, para o açúcar não se acumular no fundo.
  • Conserve num local escuro durante 12 meses.
No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

Entre em Contato e Solicite Sua Cotação